No Salão do Automóvel de Guangzhou, a Jidu Auto, de propriedade do Baidu, apresentou o segundo modelo da sua história. Chama-se Robo-02 (o primeiro foi o SUV Robo-01) e é um sedã elétrico com estilo que remete ao modelo de estreia.

O Robo-2 também adota outras características comuns ao Robo-01. Por exemplo, não tem puxadores de porta, que são abertos por comandos de voz ou utilizando um smartphone conectado via Bluetooth. Indo além desta estranha solução (é fácil imaginar quantos terão dificuldade em habituar-se a abrir a porta falando com o carro), o Jidu Robo-02 dispõe de muitas outras tecnologias de ponta.

Galeria: Baidu Jidu Auto Robo-2

Condução autônoma e 544 cv

Embora a empresa chinesa ainda não tenha divulgado as especificações oficiais, é praticamente certo que o sedã elétrico utilizará o mesmo software que o Robo-01 e o mesmo hardware com dois chips Nvidia Orin X. O carro está também equipado com assistência avançada ao condutor e para segurança ativa utiliza dados de 31 sensores, incluindo dois Lidar, cinco radares de ondas milimétricas, 12 radares ultrassônicos e 12 câmaras de alta definição.

O que ainda não é conhecido, no entanto, é o conjunto motopropulsor deste Robo-02. Também por analogia, é provável que utilize dois motores síncronos de íma permanente desenvolvendo uma potência total de 544 cv e garantindo um arrancada de 0-96 em menos de quatro segundos. Este, de fato, é o mesmo layout que o Robo-01.

Baidu Jidu Auto Robo-2 (1)

Autonomia superior a 600 km

O Robo-01 está também equipado com uma bateria de íons de lítio de 100 kWh de capacidade fabricada pela também chinesa CATL, que garante um alcance de mais de 600 km. Mais uma vez, assumindo a mesma plataforma para os dois modelos Jidu, o Robo-02 deveria ostentar características semelhantes.

  • Bateria: 100 kWh
  • Alcance: 600 km
  • Potência máxima: 544 cv
  • 0-100: <4"0

Fotos:AutoHome

Galeria: Jidu Robo-02