A BYD é uma marca chinesa que está crescendo fortemente no cenário internacional, competindo com a Tesla pela liderança nas vendas de carros elétricos no mundo. E o novo modelo apresentado nesse primeiro contato com nossos colegas do Motor1 Itália, o BYD Seal U, pertence exatamente à categoria do carro mais vendido em 2023, o Tesla Model Y, e está nos planos da montadora chinesa para o Brasil mais adiante.  

Trata-se, portanto, de um SUV no chamado segmento D, ou seja, a categoria de carros que a maioria das pessoas associa atualmente a modelos com motor térmico, como o Alfa Romeo Stelvio, o Audi Q5, o BMW X3, o Mercedes GLC ou o Volvo XC60, no caso dos europeus.

O novo Seal U é chamado assim porque está relacionado ao sedã BYD Seal e porque a letra "U" representa a palavra Utility na sigla Sport Utility Vehicle (veículo utilitário esportivo) usada para identificar os SUVs.

BYD Seal U (2024) - teste (IT)
BYD Seal U (2024) - teste (IT)
BYD Seal U (2024) - teste (IT)

Dentro do Seal U há um recurso que distingue todos os carros da BYD, ou seja, a tela central que pode ser girada verticalmente para ser usada de forma semelhante aos nossos smartphones. 

BYD Seal U: Exterior

Talvez você se lembre do nome Wolfgang Egger, um designer alemão que trabalhou anteriormente na Alfa Romeo em modelos como o 156, 147 ou o 8C Competizione, e também foi designer das marcas AudieLamborghini.

Atualmente, ele é responsável pelo design da BYD, com uma linguagem de design que se inspira no mar e no oceano. Até mesmo no nome dos carros, de fato, já que Seal em inglês significa foca, ou como no caso do BYD Dolphin - golfinho, em inglês - que é o nome do menor modelo da lista.

A ligação com a vida marinha também foi mantida no novo BYD Seal U (ou seja, a versão SUV do  sedã BYD Seal), que tem superfícies de carroceria fluidas com poucas bordas, inspiradas no movimento das ondas do mar.

BYD Seal U (2024) - teste (IT)

A frente tem uma forma de "X" que também funciona como um padrão para a posição dos faróis de LED, enquanto na traseira há mais algumas nervuras e o paralelismo com a água é mais do que sugerido na forma de lágrima das lanternas, que estão conectadas por uma faixa horizontal que percorre toda a extensão da tampa.

Em termos de dimensões, o BYD Seal U tem 4,79 metros de comprimento, 1,89 metros de largura, 1,67 metros de altura, com uma distância entre eixos de 2,77 metros e rodas 235/50 de 19 polegadas. A carroceria tem um coeficiente de penetração aerodinâmica Cx de 0,32.

BYD Seal U: Interior

O compartimento de bagagem do BYD Seal U tem uma capacidade mínima de 552 litros. Para avaliar melhor esse número, é útil lembrar que o Seal U tem pouco menos de 4,80 metros de comprimento (4,79 metros) e fazer uma comparação com outros carros elétricos da mesma categoria.

Começando pelo Tesla Model Y, que tem 4,75 metros de comprimento, tem um porta-malas traseiro de 854 litros e um compartimento de carga dianteiro de 117 litros. O Polestar 3 tem 4,90 metros de comprimento e começa com 484 litros no porta-malas traseiro e 32 litros no dianteiro. Em um modelo com uma plataforma compartilhada entre motores térmicos e elétricos, como o BMW iX3, por outro lado, o comprimento é de 4,73 metros e o porta-malas 510 litros (sem espaço de carga dianteiro).

BYD Seal U (2024) - teste (IT)
BYD Seal U (2024) - teste (IT)
BYD Seal U (2024) - teste (IT)

Os bancos traseiros têm encostos reguláveis em termos de inclinação, e o assoalho plano torna possível ficar confortável mesmo no banco do meio. No console central, há saídas de ar-condicionado e tomadas USB e, acima, o teto panorâmico de vidro pode ser escurecido com uma persiana elétrica ou até mesmo aberto.

O painel de instrumentos tem linhas regulares que dão um padrão horizontal às formas, realçadas pela iluminação ambiente multicolorida. Os painéis têm estofamento com diferentes texturas, incluindo o acabamento em preto brilhante do console e o vidro transparente que novamente lembra a água, e incluindo couro vegano sustentável, também em dois tons (azul eclipse e cinza claro). Os bancos são aquecidos e ventilados, mas não têm apoio lombar ajustável.

BYD Seal U (2024) - teste (IT)

A instrumentação digital tem uma tela LCD de 12,3 polegadas e a tela central giratória sensível ao toque pode ser de 12,8" ou 15,6", dependendo do acabamento. A conectividade de dados é 4G, a navegação integrada tem o ecossistema HERE, e a integração de smartphones via Android Auto ou Apple CarPlay é acompanhada pelo Spotify e pelo controle de voz inteligente , que pode ser ativado com o comando de voz "Hi BYD". As atualizações de software são OTA (Over-The-Air), há o aplicativo BYD para o telefone e também é possível desbloquear o veículo graças aos recursos NFC.

BYD Seal U: como anda?

O BYD Seal U é um modelo baseado em uma plataforma de chassi modular, que o fabricante chinês chama de e-Platform 3.0, construída em torno da tecnologia de bateria chamada Blade battery. O conjunto de baterias consiste em células muito finas colocadas lado a lado para otimizar a utilização do espaço.

A "química" interna é do tipo LFP (lítio-ferro-fosfato), que se baseia no uso de um material comum e barato, como o ferro, sem usar outras matérias-primas menos comuns, como cobalto e níquel, e com vantagens em termos de segurança em caso de colisão e resistência ao fogo. E outros prós e contras típicos dessa tecnologia, sobre os quais falarei mais no vídeo. Na categoria desse tipo de bateria, a BYD reivindica uma densidade de energia de referência de 145 Wh/kg.

BYD Seal U (2024) - teste (IT)
BYD Seal U (2024) - teste (IT)
BYD Seal U (2024) - teste (IT)

Outra característica técnica da BYD é a integração 8 em 1 para motor de tração, controlador de motor, transmissão, sistema de gerenciamento de bateria, distribuição de energia, transformador CC-CC, carregador de bordo, para uma eficiência total do sistema de 88%. Isso é complementado por uma bomba de calor integrada a um sistema de resfrigeração e aquecimento direto da bateria, projetado para melhorar a eficiência térmica em até 20% no inverno, utilizando o calor residual do ambiente ao redor, do trem de força, do compartimento de passageiros e da bateria.

O BYD Seal U está disponível em dois níveis de acabamento (Comfort e Design), ambos com tração dianteira, suspensão dianteira MacPherson e suspensão traseira multilink.

O motor elétrico é do tipo síncrono de ímã permanente com 218 cv (160 kW) e 310 Nm (Comfort) ou 330 Nm (Design), alimentado por uma bateria LFP de capacidade diferente, dependendo do nível de acabamento.

BYD Seal U (2024) - teste (IT)

O BYD Seal U Comfort tem uma bateria nominal de 71,8 kWh e uma autonomia declarada de 420 km (WLTP combinado), para um 0-100 km/h de 9,3 s e 175 km/h de velocidade máxima.

O carregamento em corrente alternada é de no máximo 11 kW e de 115 kW em corrente contínua.

O BYD Seal U Design tem uma bateria nominal de 87 kWh e uma autonomia declarada de 500 km (WLTP combinado), para um 0-100 km/h de 9,6 s e 175 km/h de velocidade máxima. O carregamento em corrente alternada é de até 11 kW e 140 kW em corrente contínua, com função bidirecional V2L veículo-carga.

Para ir de 10% a 80% em CC, são necessários 42-43 minutos, ou 27-28 minutos para ir de 30% a 80%.

Entre os aspectos a serem melhorados na dinâmica de condução está a configuração da suspensão, que é muito macia, tanto no amortecimento de oscilações verticais após superar um solavanco quanto na contenção de rolagem nas curvas. A resposta da direção também não é muito precisa. Por outro lado, a consistência e a linearidade do pedal do freio no gerenciamento da fase de regeneração de energia são boas, com a possibilidade de variar a intensidade da desaceleração com um botão no painel ou a partir de uma configuração na tela central.

BYD Seal U (2024) - teste (IT)

Também é possível alterar os modos de condução para ajustar a entrega de potência, mas, em geral, a resposta do motor é sempre agradavelmente linear e suave, com uma boa reserva de impulso e um comportamento equilibrado de um carro elétrico que não precisa impressionar com o desempenho, mas busca o equilíbrio certo entre conforto e consumo.

BYD Seal U: Curiosidades

O pacote de assistência ao motorista ADAS inclui 4 radares, 1 câmera para lidar com o aviso de colisão frontal, frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo, aviso de colisão traseira, alerta de tráfego cruzado traseiro, assistência para mudança de faixa, controle inteligente de limite de velocidade e sistema de detecção de ponto cego. A versão Design também vem com um Head-Up Display e, ao dirigir à noite, as luzes full-LED também têm assistência de farol alto e faróis adaptativos como padrão. Ao manobrar, você também pode contar com uma câmera com visão panorâmica de 360 graus.

BYD Seal U: Preços

As entregas do BYD Seal U começam em em fevereiro de 2024 na Europa, nos dois níveis de acabamento Comfort com 71,8 kWh e Design com 87 kWh. Há 6 cores de carroceria e 2 temas de cores interiores. Com preços iniciais de pouco menos de 42.000 euros (R$ 225.000) para o Seal U Comfort e de pouco menos de 45.000 euros (R$ 241.000) para o Seal U Design. A garantia é de 6 anos/150.000 km para o veículo, 8 anos/200.000 km para as baterias (até 70% da saúde garantida), 8 anos/150.000 km para o motor elétrico.

BYD Seal U Design 87 kWh

Comprimento e entre-eixos4,79 m
Largura1,89 m
Altura1,67 m
Peso2.147 kg
Capacidades552 litros
Motor elétrico motor síncrono de imã permanente
Transmissãovelocidade única
Suspensão2WD tração traseira
Potência e torque218 CV (160 kW)
Torque máximo330 Nm
Aceleração9.6 s
Velocidade Máxima175 km/h
Bateria87 kWh (brutos) LFP
Autonomia elétrica500 km WLTP